Sobre tédio

Há dias, - na verdade semanas - em que eu não tive tempo para praticamente nada, além de tarefa atrás de tarefa, e acordar tomar banho sair de casa trabalhar tomar remédio comer acordarsaircorrendoalmoçartrabalhar voltar para casa dormir. Acordar. Acordar. Acordar.
E quando eu menos percebo, duas semanas se passaram e todas aquelas horas de vida viram um bolo enevoado de confusão dentro da minha cabeça.

Lembro, com um dos meus pensamentos nesses dias de confusão, que tudo que pedi a quem quisesse ouvir, um tempo,um folga. De mim, para mim, para o silêncio.
E como o universo sempre conspira, ela veio.

Não do jeito que eu queria, sem planejamentos, com sustos e dor, mas veio.
E sinceramente, uma das melhores coisas que me aconteceu foi passar intermináveis horas dentro de um quarto de paredes brancas e com refeições de  três em três horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...